sábado, abril 21, 2007

82. — G.D. CUF, 1975-76

+++
+++++
+++++++
+++++++++
+++++++++++
═══════════════════════════════════════════════════════
CONHÉ, GR•1
22J.
CASTANHEIRA, GR•2
8J.
GR•3 {quem era o 3.º guarda-redes, que... parece não ter sido utilizado?}
═══════════════════════════════════════════════════════
VIEIRA, LD, LE 28J. 2G.
CASTRO, DC'
18J. 1G.
VICENTE Dias, DC”
23J.
ESTEVES, LE 27J.
FREDERICO Rosa, DC (mais tarde no Barreirense, Benfica, Boavista, etc.) 15J.
Manuel QUARESMA, DC
13J.
GOMES, LD 2J.

(?) José António, LD {será que já não fez parte desta equipa?}
═══════════════════════════════════════════════════════
VÍTOR PEREIRA, AD, MD
30J.
NÉLSON, TC', MC 21J.
{quem é este NÉLSON?} {qual é o seu nome completo?}
JOÃO PEDRO, AE, ME
23J.
ARAÚJO, OC, IE (mais tarde no Barreirense e no Benfica) 20J.
JORGE ANTUNES, MC, OC
18J.
NISA, M? 9J. {não seria o NISA da U. Coimbra de 1972-73?}
CARLOS MANUEL, AD (mais tarde no Barreirense, Benfica, Sion, Sporting, etc.)
2J.
VENTURA, M? 1J. {médio, por que lado?}
═══════════════════════════════════════════════════════
EDUARDO, ED, QD
23J. 4G.
ARNALDO (cap.), Av, MO, IE
27J. 5G.
JUVENAL, EE, Av
25J. 2G.
JORGE MANUEL, Av 17J. 1G. {avançado, por que lado?}
═══════════════════════════════════════════════════════
Auto-Golos [não houve!]:
►► ?
►► ?
═══════════════════════════════════════════════════════
Treinador (1): Mário João (Campeão europeu pelo Benfica),
da jornada 1 à 22.
Treinador (2): Francisco Abalroado (marcou o 2.º golo contra o A.C. Milan em 65-66),
da jornada 23 à 30.
——————————————————————————————————————
Presidente: {quem era o presidente?}
——————————————————————————————————————
Recinto: Estádio Alfredo da Silva, no Lavradio, 22 mil lugares
═══════════════════════════════════════════════════════
►►► posições, símbolos
.
.
O Grupo Desportivo da CUF – nos dias de hoje conhecida por Grupo Desportivo Fabril do Barreiro – esteve na 1ªDN pela última vez em 1975-76. Tratava-se da 23.ª época do G.D. CUF na 1ªDN, e de mais saliência, era a 22.ª época consecutiva em que o G.D. CUF jovava na 1ªDN. A turma do Lavradio, para além do Benfica, do F.C. Porto, do Sporting e do Belenenses, foi a única equipa que esteve na 1ªDN ininterruptamente desde 1954 até 1976.
Pelo G.D. CUF, sediada no
Barreiro, havia passado jogadores de grande envergadura no panorama futebolístico nacional como o Vasques e o Travassos, ambos na 2ªDN, e o Arsénio, vindo do Benfica. Mas também passaram muitos outros, com nomes não tão sonantes, mas de inegável qualidade. Na época anterior ainda lá estavam o Manuel Fernandes, o Capitão-Mor e o Vítor Gomes, entre outros.
O G.D. CUF foi uma equipa que conheceu uma grande estabilidade por mais de duas décadas, e até passou momentos de grande sucesso, ao porto de ter conquistado o apuramento para as competições europeias.
Em 1975-76, a inépcia atacante foi grande de mais para se poder camuflar. A saída do Manuel Fernandes, para o Sporting, e do Capitão-Mor, para o Paços de Ferreira, eu creio, deixaram a equipa orfã de finalizadores. Contudo, em termos defensivos, o G.D. CUF ficou com a 13.ª defesa mais batida. Trata-se de um número bastante medíocre, mas sofrível. É impossível se ganhar muitos jogos quando o ataque só marca 15 golos em 30 jogos. Meio golo por jogo é mais que mau. É péssimo!
De realçar, foi o número de empates que o G.D. CUF conseguiu. Em 30 jogos, e com tão poucos golos marcados, empatar 10 desses jogos, dá a entender que a defesa conseguia prevenir o adversário de chegar ao golo da vitória na maioria das situações. Basta ver que 4 desses empates foram de 0-0 e 6 foram de 1–1. Um outro aspecto a realçar foi as duas vitórias conseguidas fora (2-1 ao Atlético e 1-0 ao Farense). Também os três empates arrancados em terreno alheio (1-1 ao Braga, 0-0 ao V. Setúbal e 1-1 à U. Tomar) merecem menção. Quanto a resultados frente ao mesmo adversário, o Atlético foi a única equipa a quem o G.D. CUF derrotou em ambos os encontros.
Em conclusão, podemos dizer que o G.D. CUF soube aproveitar os poucos golos que ia marcando, no que respeita ao amealhamento de pontos, só desperdiçando 4 golos em jogos que não conquistou ponto algum. O GRANDE problema foi que o G.D. CUF só marcou 15 golos a época interia.
Uma época mais tarde, 1976-77, o G.D. CUF quase voltava à 1ªDN, terminando em segundo na 2ªDN, Zona Sul, e participando na liguilha de promoção à 1ªDN, onde acoubou terminando em terceiro. Daí para cá, as coisas têm-se transfiguardo, ao ponto do Clube ter alterado o nome em, pelo menos, duas ocasiões e de ter caído até aos campeonatos distritais. Não sabemos para quando a antiga grande CUF voltará à 1ªDN. Que não demore muito!
Portanto, 1975-76 foi uma época de muito poucos sucessos, mas que não poderá ser esquecida, principalmente por ter sido a última do clube do Lavradio na 1ªDN. Também é importante mencionar que essa equipa do G.D. CUF, em 1975-76, ainda lá tinha jogadores muito conhecidos, e que continuou a ter jogadores de grande categoria durante os sete ou oito anos que se seguiram. Para mencionar um deles, o Oliveira que passou pelo Marítimo, Benfica e Beira Mar. O G.D. CUF era, acima de tudo, conhecido pelo(s) grupo(s) de jogadores que por lá passaram anos a fio e que haviam sido grandes em batalhas já idas. Aproveitamento: 30 jogos, 4-10-16, 15-50 em golos, 18 pontos, 16.º lugar – que era o último.
.
.
Nota de Agradecimento:
— Com estas palavras, quero agradecer ao Sr. Vicente Dias, futebolista dessa equipa, que tão gentilmente me forneceu a maioria destes dados sobre o G.D. CUF de 1975-76.
.
Obrigadíssimo,
Quinas
.

8 comentários:

Arquivista disse...

Já fiz um resumo dessa equipa :), a última da CUF na 1ª Divisão.

Foi um ano em que a CUF foi atormentada pela falta de pontas-de-lança: as suas referências maiores, o Capitão-Mor e o Manuel Fernandes, saíram, e a tentativa de adaptar o Arnaldo à posição foi um fiasco. O estilo muito "macio" do treinador Mário João (o "Sr. Tranquilidade", bem antes do Paulo Bento ;) ) também não ajudou.

Ainda assim, revelou três grandes promessas do futebol poetuguês: o Frederico, o Carlos Manuel e o Araújo.

Menthor disse...

O frederico o Carlos Manuel e o Araújo, foram dp para o Barreirense? naquele ano (78-79) famoso em que à 1ºvolta estavam em 5º lugar e no final desceram de Divisão?

Menthor disse...

Em 75-76 a CUF desceu de Divisão última presença.

Jogava algum Quaresma, nessa equipa?

Na época seguinte 76-77 (2ºDiv zona sul), a CUF ficou em 2º lugar. Alguem sabe os resultados que a equipa fabril obteve na 2º Div (76-77)?

abraços

Arquivista disse...

Esse é o Manuel Quaresma Parente, que esteve durante muitos anos na CUF, tanto que ainda jogou pela Quimigal.

O Fredrico, o Carlos Manuel e o Araújo (esses três camaradas) foram transferidos da CUF para o Barreirense em 1978, e um ano depois voltaram os três a ser transferidos para o mesmo clube, neste caso o Benfica.

jsbmj@clix.pt disse...

Quinas, tem cromos do Estrela de Portalegre e da CUF dos anos 70 no meu Blog, se quiser utiliza,à vontade como sempre. É só procurar nos meses anteriores...

Quinas disse...

jsbmj,

Eu sei que você tem cromos do G.D. CUF no seu blog. Não me lembro é se tem algo de 1975-76. Eu lembro-me que tem um cromo com foto de equipa com o Carlos Manuel, mas deve ser de 76/77 ou de 77/78.

Eu acho que o Carlos Manuel só foi para o Barreirense em 78/79, se não estou em erro.

De todas as formas, obrigadíssimo,
Quinas

Anónimo disse...

o meu nome nome e Nelson José Miranda Fernandes, fui campeão Nacional de juniores da 2ª div. na epoca de 74/75 , venci o leixoes na final disputada em coimbra no estadio que hoje se chama estadio cidade de coimbra e tive como colegas entre outros o João Maria(Gr) o Araujo, Frederico etc... Fiz parte da equipa da CUF que desceu a 2º div. na epoca de 75/76, tendo como colegas nessa epoca o Arnaldo, Vitor Pereira, Castro, Juvenal, Conhé, Castanheira, Quaresma, Vieira, Eduardo, Manuel Esteves etc...

INCONVENCIONAL disse...

O Mário João "treinador", o srº "tranquilidade" na 1ª Divisão, nas camadas jovens(juniores), era uma boa "peça de artilharia "escrabrosa", a chatear os "miúdos", corre fdp, corre "cabrão", etc....intratável!