terça-feira, dezembro 19, 2006

64. — C.F. Belenenses, 1945-46

═══════════════════════════════════════════════════════
Manuel Capela, GR•1
19J.
José Sério, GR•2
3J.
═══════════════════════════════════════════════════════
Vasco Oliveira, BD
22J.
António Feliciano, BE, HC 20J., 2G.
(!) Varela Marques, D? ?J.
═══════════════════════════════════════════════════════
Mariano Amaro (cap.), HD
22J.
(Francisco [?]) Mário Gomes, HC
20J.
Serafim das Neves, HE, BE
22J.P
— Francisco Martins, HC 2J.
Mário Sério, M?, IE
2J.
António Martinho, M?, IE 1J., 1G.
═══════════════════════════════════════════════════════
Armando Correia, ED, PL 21J.,
14G.
Artur Quaresma, ID, EE, IE 22J.,
14G.
Manuel Andrade, PL 14J.,
19G.
Rafael Correia, IE, EE 19J.,
12G.
José Pedro, EE, IE 13J., 6G.

António Elói, ID, Av, EE 10J.,
1G.
Mário Coelho, ED, Av, IE 9J., 4G.
(!) Teixeira da Silva, PL ?J.
(?) Salvador, Av
(?) Octaviano, desconheço a posição (no Belenenses em 1944-45)
═══════════════════════════════════════════════════════
Treinador: Augusto Silva (jogador de Belenenses de 1921-34)
═══════════════════════════════════════════════════════
►►► posições, símbolos
.
.

A palavra Belém é uma das palavras que mais se escuta na quadra de Natal. Porque não falar do clube do nosso Belém, o
Clube de Futebol «Os Belenenses»?
O C.F. Belenenses festejou este ano, 2006, o 60.º aniversário da grande vitória no Campeonato Nacional. Até aos dias de hoje esse título continua a ser a maior conquista do Clube da Cruz de Cristo. É certo que em 1954-55 esteve a minutos do título – não fora o golo de Martins – mas aí a sorte virou-lhe as costas.
Em 1945-46, o C.F. Belenenses, já há muito sem o Pepe, e ainda a vários anos dos dias do Matateu, escreveu a página mais grandiosa do seu historial. Mas não faltaram grandes jogadores nesse grupo. Basta só referir «As Três Torres de Belém», e o ainda grande jogador de nome Rafael. Mas, acima de tudo, há que mencionar os autores dos dois golos da GRANDE reviravolta contra o S.L. Elvas, em Elvas na última jornada da prova – Quaresma e Rafael, esse mesmo.
Falando da época, e de quando tudo se começou a desenhar em favor do clube das Salésias, o C.F. Belenenses termina o ano de 1945 em 1.º lugar na classificação geral. Nessa altura o Benfica estava tendo problemas com o jogador Teixeira – Joaquim Teixeira, avançado, natural da Horta, Açores, havia jogado no Angústias, e fora o primeiro internacional açoriano –, que até chegou a ser esbofeteado pelo próprio treinador, o Janus Biri, imaginem! Também, o Julinho estava a ser uma distracção – para não dizer um problema – para o Benfica, ao reivindicar aumento do seu salário, que desconheço se chegou a acontecer.
Ainda em Fevereiro, o C.F. Belenenses perde por 2-0 no terreno do Olhanense e o Benfica, assim como o Sporting tomam a liderança. Contudo, o C.F. Belenenses volta ao 1.º lugar – e desta vez para lá ficar – quando recebe e vence o Benfica, por 1-0, na 19.ª jornada, a 5 de Maio, com um golo de Andrade, aos 70 minutos. Pouco tempo depois, no dia 13 de Maio, o C.F. Belenenses derrota o F.C. Porto, no Campo do Lima, que era então a casa dos portistas, num jogo muito difícil para os homens de Belém. Esse jogo foi quase o jogo do título.
Finalmente, a 27 de Maio, com uma vitória na casa do S.L. Elvas, após reviravolta no marcador, conquistou o título de Campeão Nacional. O Benfica terminaria em 2.º, com um ponto a menos que os novos Campeões Nacionais. O Quaresma, com o 1-1 aos 75 minutos, e o Rafael, com o 1-2 aos 80 minutos, foram os heróis da tarde, ainda recordada por «A Tarde Mágica de Elvas».
Depois, Rafael decidiria pôr um ponto final na carreira de futebolista, mas mudou de idéia(s) e voltou , como «Campeão», com 33 anos de idade. Também, o Feliciano teve ofertas do Vasco da Gama e do Celta de Vigo, mas deu sempre o sim ao senhor Acácio Rosa e continuou no C.F. Belenenses.
O trio formado por Capela, Vasco e Feliciano era conhecido por «As Três Torres de Belém», sendo Feliciano a mais apaixonante de todas. Serafim era quase a 4.ª torre! Esta foi a melhor época de sempre do C.F. Belenenses, sem lugar a dúvidas. Aproveitamento: 22 jogos, 18-2-2, 74-24 em golos, 38 pontos 1.º lugar, e Campeão Nacional.
.
Esta foto mostra uma das equipas dessa época. Em cima, da esquerda para a direita: Feliciano, Vasco, Mário Gomes, Serafim, Amaro, e Capela. Em baixo: ?, ?, Armando, Quaresma, e Rafael.
.
.
Nota de Agradecimento:
— Com estas palavras, quero agradecer ao Sr. Jojo, leitor deste blogue, que tão gentilmente me forneceu os nomes completos dos jogadores que fizeram parte desta equipa, o número de jogos que cada um jogou, assim como número de golos que cada um deles marcou.
.
Obrigadíssimo,
Quinas
.
►►► Outras Equipas...

9 comentários:

Quinas disse...

Gostaria que nos contassem de quais destes jogadores já ouviram falar, não importa em que funções!

Por exemplo, há uns anos atrás tomei conhecimento de que Feliciano foi jogador do G.D. Chaves, já depois de ter deixado o C.F. Belenenses. Isto aconteceu muito antes do G.D. Chaves ter andado na 1.ª Divisão Nacional.

Anónimo disse...

Esta equipa de Os Belenenses bem merece aqui um lugar, já que foi uma das duas excepções no hitorial do campeonato português.
Luís.

Quinas disse...

Luís,

Esta equipa não ia, e não poderia, faltar neste blogue. Trata-se da personagem-mor de um dos ‘capítulos’ mais apaixonantes do nosso campeonato nacional. É pena que eu ainda tenha umas quatro ou cinco pequenas dúvidas sobre nomes e funções de alguns jogadores deste plantel. Mas no que respeita aos jogadores mais utilizados, já está tudo mais ou menos no lugar.
Talvez apareça por aí alguém que tenha conhecimento dos detalhes que faltam sobre o Eloy, o Octaviano, o Salvador, etc.

Boas Festas,
Quinas

jojo disse...

Aqui esta os jogadores utilizados no campeonato con data de nascimento,jogos e golos:
Guarda-Redes:
Manuel Capela 09/05/1922 19
Jose Serio 05/03/1922 3
Defesas:
Serafim das Neves 19/08/1920 22
Vasco Oliveira 18/03/1922 22
Francisco Gomes 20
Francisco Martins 2
Médios:
Mariano Amaro 07/08/1914 22
Antonio Feliciano 19/01/1922 20-2
Antonio Eloi 10-1
Mario Serio 2
Antonio Martinho 03/12/1923 1-1
Avançados:
Artur Quaresma 27/12/1917 22-14
Armando Correia 21-14
Rafael Correia 05/04/1915 19-12
Manuel Andrade 23/05/1927 14-19
Jose Pedro 07/06/1919 13-6
Mario Coelho 04/02/1920 9-4
Treinador:
Augusto Silva

Quinas disse...

Jojo,

Como está? Esses dados estão fantásticos! Muito obrigado. Vou adicionar o número de jogos disputados e o número de golos marcados ao nome de cada um dos jogadores, e fazer um par de correcções, também.

Continuo com uma grande dúvida: O Francisco Gomes tem mesmo que ser o Mário Gomes! Talvez se chamasse “Francisco Mário Gomes” ou “Mário Francisco Gomes”!

Poderá alguém clarificar?

Boas Festas a Todos!

Obrigadíssimo,
Quinas

Adelino disse...

Esse Feliciano devia ser o que andou no G.D. Chaves a jogador-treinador, primeiro, e depois a treinador.

Estou certo, ou estou errado?

Anónimo disse...

O Mariano Amaro treinou o Feirense na época de 1966/67. Era o pai da fadista Alice Amaro.
Deixou a sua marca no Feirense. Ainda hoje é recordado.
Quando estava na Feira, deslocava-se assiduamente a Lisboa.

Anónimo disse...

francisco gomes era como se chamava nao mario .luis gomes

Francisco Gomes disse...

Sou filho de FRANCISCO GOMES, o terceiro jogador de pé a contar da esquerda e não Mário Gomes como erradamente menciona a fotografia. Talvez por todos esses erros, quando o meu Pai faleceu nem a bandeira do clube lhe colocaram no caixão...